Conheça as belas cavernas e grutas do Mato Grosso do Sul - Blog Ana Cláudia Thorpe
Notícias

Conheça as belas cavernas e grutas do Mato Grosso do Sul

A natureza traz belezas incomparáveis e uma delas são as cavernas, ambientes subterrâneos e naturais que ocorrem principalmente em terrenos rochosos. Formadas a partir de diversos processos geológicos e químicos, como a erosão das rochas pela água das chuvas e dos rios, o vulcanismo e os terremotos, algumas delas são destinos que compensam o desafio e uma jornada que vale a pena incluir no roteiro de viagem são as de Bonito, no Mato Grosso do Sul.

Considerada a capital do ecoturismo no Brasil, a região apresenta além dos chamativos rios de águas cristalinas como cenários de flutuação e mergulho, um dos cenários naturais do destino turístico Mato Grosso do Sul são as cavernas e grutas. Formados há milhões de anos, os atrativos de Bonito possuem uma beleza natural única que cria caminhos repletos de interação com a natureza. Existem centenas de cavernas e grutas na área, algumas das quais abertas aos turistas. Por isso, apresentamos as grutas mais importantes do sul de Mato Grosso do Sul para embarcar nessa aventura, curtir a experiência e conhecer:

Gruta do Lago Azul – É um dos cartões postais de Bonito e talvez um dos locais mais badalados da cidade. O local impressiona tanto pelos espeleotemas refletidos no chão e no teto da caverna quanto pelo espelho d’água azul cristalino que protegia preguiças gigantes e tigres-dentes-de-sabre há milhares de anos. Segundo o escritório do Acqua Studio de Viagens, o passeio pelo atrativo tombado pelo IPHAN é simplesmente contemplativo e começa por uma pequena estrada até chegar a uma escadaria de cerca de 200 metros que leva ao famoso lago.

Grutas de São Miguel – Ao lado da gruta mais famosa encontra-se também o grupo gruta de São Miguel, que se distingue por espeleotemas de formas impressionantes. O local abriga estalactites, estalagmites, travertinos, corais e pérolas, além de animais como morcegos e corujas. Além disso, a estrada das cavernas chama a atenção por seus quase 200 metros de estrada suspensa entre as copas das árvores, em meio à mata nativa.

Abismo Anhuma – Descoberto na década de 1970, está aberto à visitação desde 1999. Utilizando um sistema de sulcos mecânicos. O deck flutuante foi construído sobre um lago de oitenta metros de profundidade com águas cristalinas em seu interior. No local é possível observar as maravilhosas paisagens dos cones de calcário que preenchem o lago e seus arredores, atingindo uma altura de até vinte metros, além de snorkel ou mergulho.